revista helisul

Helisul é primeira do sul a conquistar certificação internacional de aviação

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A empresa Helisul Aviação, com sede em Curitiba e bases em vários estados brasileiros, acaba de conquistar a certificação IS-BAO, que estabelece requisitos de excelência para a operação de aeronaves executivas. A empresa é a primeira do Sul do Brasil a ter este reconhecimento.  

O Certificado foi emitido no dia 30 de novembro de 2021 pela conceituada organização internacional não governamental IBAC – traduzida para o português, a sigla inglesa significa Conselho Internacional de Aviação Executiva. Até então, a Helisul contava com a certificação regulatória da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que é obrigatória para a operação de aeronaves no Brasil.  

A chancela chega às vésperas da Helisul completar 50 anos de fundação, que serão comemorados em outubro de 2022. A certificação IS-BAO estabelece um severo padrão internacional para operações de aeronaves executivas, não sendo regulatório, ou seja, não é de cumprimento obrigatório por lei. No entanto é altamente desejável pelos usuários mais exigentes e mandatório para permitir fretamento de aeronaves para os funcionários de muitas empresas multinacionais de grande porte.  

Esta certificação determina padrões de excelência, com requisitos operacionais, de manutenção e de segurança que vão muito além dos mínimos regulamentares previstos pela ANAC – autoridade de aviação civil competente no Brasil. O processo de certificação na Helisul foi conduzido pelo gerente de Segurança Operacional,  Salvador Coutinho Rodrigues, e pelo gerente de Certificações e Garantia de Qualidade da empresa, Mauro Gageiro Pinto.  

Segundo o Gageiro Pinto, a Helisul buscou a certificação IS-BAO não somente para atender a seus exigentes clientes, mas também pela relevância e reconhecimento do IBAC como entidade internacional na aviação executiva.  

“Pelo lado da demanda, há um grupo seleto de clientes de operadores de aeronaves executivas que buscam um patamar superior de qualidade. Pelo lado da oferta, é uma certificação pela qual a Helisul pode ser reconhecidamente diferenciada das empresas de aviação que se atém somente aos requisitos regulatórios da ANAC”, diz. 

Com o selo IS-BAO, a Helisul, que é referência no mercado da aviação civil executiva no Brasil, ganha ainda mais destaque frente ao segmento. “Será um notável cartão de visitas para outros exigentes clientes em potencial que buscam profissionalismo, qualidade e segurança no fretamento de aeronaves. Além disso, a conquista da certificação IS-BAO é um marco para abrilhantar ainda mais o já próximo cinquentenário de nossa empresa”, celebra o gerente.  

Legado de transformação 

A certificação pelo IS-BAO acontece em três estágios. O primeiro, inicial e provisório, é válido por no máximo 24 meses; o segundo, intermediário, pode ser mantido por tempo indeterminado; e o terceiro, mais avançado, é opcional. Neste momento, a Helisul comemora a recente conquista da certificação IS-BAO no estágio 1, explica Gageiro Pinto.  

“O estágio 2 já está em nosso radar. Mais do que isso, temos planejada boa parte das ações visando sua implantação já tendo dado início a várias delas. Estamos muito animados com a satisfação, energia positiva e motivação trazidas a nossos colaboradores pela conquista da certificação”. 

O IS-BAO é construído em torno de um Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional (SMS), que ajuda a avaliar e mitigar riscos e melhorar continuamente as práticas e procedimentos. A auditoria IS-BAO é realizada por auditores terceirizados independentes. No processo de revisão sistemática e objetiva, são examinados diversos critérios dentro das operações da aviação civil. 

Entre eles, a organização e pessoal, procedimentos operacionais padrão, programas de treinamento, operações de voo doméstico e internacional, equipamento e manutenção de aeronaves, manual de operações da empresa, plano de resposta de emergência, gestão ambiental, saúde e segurança ocupacional, transporte de mercadorias perigosas e segurança.  

Sendo assim, o processo de validação, como destaca Gageiro Pinto, envolveu toda a companhia. Na Helisul, a conquista da certificação IS-BAO mexeu com a rotina e a cultura de todos os cerca de 500 colaboradores da empresa. O processo, revela o gerente de certificações, deixa um legado para todo o time.  

“A partir de uma maior integração das diversas áreas da organização e da elevação, em cada colaborador, da sensação de pertencimento, o funcionamento da empresa fica melhor e isso traz resultados fantásticos”, avalia. 

Para Gageiro Pinto, não se tratou de um processo trivial. Foi altamente desafiador, porém feliz, tanto para o desenvolvimento dentro da própria Helisul, como para a carreira individual de cada um dos funcionários. “Foi um grande exercício de implementar e cumprir os requisitos novos, adicionais, mas, mais do que isso, de chegar a implantar uma maneira nova de pensar, vencer resistências e inseguranças diante de mudanças e, ao final, assimilá-las com tranquilidade e espontaneidade. ”

 
+ 0
AERONAVES
+ 0
COLABORADORES
+ 0
BASES PELO BRASIL

COM Nº 7901-01/ANAC | COA Nº 2003-04-0CEO-01-02

© Copyright 2021  – Helisul Aviação todos os direitos reservados